Museu da Energia de Salesópolis Roteiros de Visita

Clique nos itens abaixo e confira os roteiros de visita deste museu

Roteiro 2: Trilhas da Usina

O Museu da Energia ocupa uma propriedade de 156 hectares. Deste total, 21 hectares são ocupados pelo reservatório e 135 hectares por remanescentes de floresta ombrófila em diferentes estágios de regeneração natural, e área de plantação de pínus, o que permite ao visitante caminhar pelas trilhas existentes. De uma forma geral, trata-se de uma área de domínio de Mata Atlântica bastante preservada.

Uma maneira eficiente de promover a educação ambiental é aproximar as pessoas da natureza através da interpretação de trilhas. Ao participar de trilhas interpretativas, os visitantes aprendem a valorizar e reconhecer a importância da mata Atlântica como um ecossistema que precisa ser conservado para garantir a qualidade de vida de todos os seres vivos. As trilhas interpretativas realizadas pelo museu são monitoradas por educadores, que abordam os serviços ambientais prestados pela mata Atlântica. Além disso, são destacados alguns componentes da biodiversidade e as relações existentes para a manutenção do equilíbrio ecológico.

Neste roteiro, os visitantes têm contato com a natureza e aprendem sobre a  importância dos serviços ambientais da Mata Atlântica, sobretudo na proteção dos mananciais e da biodiversidade.

Roteiro 3: Roteiro Interdisciplinar

De acordo com a UNESCO (1985), a interdisciplinaridade é um processo no qual duas ou mais disciplinas são expressas em termos de inter-relações. Compreende uma cooperação ativa entre as diferentes disciplinas, o que promove o intercâmbio e o enriquecimento na abordagem de um tema.

Pensando nesse sentido, o Museu da Energia de Salesópolis desenvolveu um roteiro de estudo sobre o tema da energia elétrica com o objetivo de envolver o maior número possível de disciplinas escolares do ensino infantil fundamental e médio, a ser realizado na área da usina, que dispõe de recursos culturais, históricos, naturais e de infraestrutura para o desenvolvimento de práticas educativas. A linguagem será adequada à escolaridade e à faixa etária dos estudantes. Temas abordados: histórico da usina e de sua região, geração de energia, meio ambiente e suas inter-relações.

 

Roteiro 4 : Tietê – As águas que você não vê

A água é vida para as pessoas e para o planeta. A água doce é, por si só, o elemento mais precioso da vida na Terra. É essencial para a satisfação das necessidades humanas básicas, para a saúde, a produção de alimentos, a energia e a manutenção dos ecossistemas regionais e mundiais.

Neste roteiro serão abordados os seguintes conteúdos:

  • Água e seu uso racional
  • Geração de energia (hidrelétricas)
  • Rio Tietê
  • Elementos químicos possivelmente presentes na água (Ecokit)
  • Saúde e meio ambiente

Serão apresentados aos visitantes temas como a importância da água para o nosso dia a dia, a história do Rio Tietê, sua ligação com a eletricidade, a grande importância do rio para a Pequena Central Hidrelétrica de Salesópolis (PCH Salesópolis) e a qualidade de suas águas atualmente.

Fundação Energia e Saneamento Alameda Cleveland, 601 - Campos Elíseos - 01218-000 - São Paulo - Tel.: (11) 3224-1499 Desenvolvido por: Memoria Web