O Museu da Energia de Jundiaí O edifício

COMUNICADO: A Fundação Energia e Saneamento suspendeu, por tempo indeterminado, as atividades do Museu da Energia de Jundiaí. A medida objetiva atender o plano de readequação operacional da instituição, que há mais de 18 anos contribui com a preservação, a pesquisa e a divulgação do patrimônio dos setores de energia e saneamento por meio de ações de educação e cultura, nos eixos de história, ciência, tecnologia e meio ambiente.

---

O Museu da Energia de Jundiaí está instalado no edifício de uma antiga subestação transformadora de energia.

Construída pela Empresa Luz e Força de Jundiaí na década de 1920, a subestação servia para abrigar os transformadores que convertiam a alta tensão elétrica, vinda das usinas geradoras, em baixa tensão, usada pelos moradores da cidade em suas casas.

Seguindo o modelo inglês dos galpões industriais do início do século XX, o edifício foi construído com maciços tijolos de cerâmica.

Após passar por vários proprietários - The São Paulo Light and Power (1927-1981), Eletropaulo (1981-1997) e Empresa Bandeirante Energia (1997-1998) -, em 1998 o edifício da antiga subestação foi doado à Fundação Energia e Saneamento.

Em 2001, o Museu da Energia de Jundiaí foi aberto ao público, oferecendo educação, cultura e diversão a seus visitantes.

Veja a linha do tempo

Ficha técnica

Local: Rua Barão de Jundiaí, 202, Jundiaí, SP
Ano da construção: terreno comprado em 1905
Período do projeto de restauração: 1998-2000
Conclusão da obra: 2000
Área do terreno: 1.825m²
Área construída: 1.090m²
Tipologia da edificação:

  • Bloco I - térreo e torre de dois pavimentos
  • Bloco II - térreo e porão
  • Bloco III - térreo

Uso e ocupação:

  • Estação transformadora
  • Museu da Energia - 2000

Técnica construtiva: o edifício foi construído em alvenaria de tijolos

Fundação Energia e Saneamento Alameda Cleveland, 601 - Campos Elíseos - 01218-000 - São Paulo - Tel.: (11) 3224-1499 Desenvolvido por: Memoria Web