Após restauro, Museu da Energia de São Paulo reabre com nova exposição

mesp

Após passar por obras de manutenção e restauro, o Casarão do Museu da Energia de São Paulo, localizado no bairro dos Campos Elíseos, reabre à visitação pública, no dia 22 de agosto, sexta-feira, com a exposição inédita "Tempos de Energia: São Paulo em transformação".

Por meio de um rico acervo, tanto museológico quanto documental, a exposição apresenta importantes momentos da formação e expansão do setor elétrico paulista, exibindo a complexidade da implementação da energia e os seus reflexos em São Paulo, bem como os atuais desafios do setor.

Restauro

Para a instalação da mostra, o Museu da Energia passou por obras de manutenção e restauro, como pintura das fachadas e das paredes internas, reparo nas janelas, portas e pisos, além da recuperação das esquadrias do prédio.

Tombado pelo Condephaat desde 2002 e pelo Conpresp desde 2003, as obras no Museu respeitaram a estética original do Casarão. A pintura foi realizada com base em uma das primeiras fases do edifício, quando ainda era residência da família do cafeicultor paulista Henrique Santos Dumont, mas sem apagar a maioria das contribuições arquitetônicas realizadas pelas ocupações posteriores. O imóvel, adquirido por Henrique em 1894, foi projetado pelo escritório do arquiteto Ramos de Azevedo, referência na Capital entre o final do século 19 e início do 20.

A mostra "Tempos de Energia: São Paulo em transformação" poderá ser vista de terça a sábado, das 10 às 17 horas, no Museu da Energia de São Paulo (Al. Cleveland, 601 - Campos Elíseos - São Paulo, SP).

Fundação Energia e Saneamento Alameda Cleveland, 601 - Campos Elíseos - 01218-000 - São Paulo - Tel.: (11) 3224-1499 Desenvolvido por: Memoria Web