Boletim - Março 2012

Fundação Energia e Saneamento

Apresentação

Marcando seus 14 anos de atividades, completados no dia 6 de março, a Fundação Energia e Saneamento apresenta a nova versão do seu informativo. Antes chamado de Fique Ligado, o Boletim Fundação Energia e Saneamento passou por uma reformulação, ganhando novas editorias e um layout diferente. O principal objetivo da publicação é comunicar ao público externo as atividades e ações desenvolvidas pela instituição. Bem como, contribuir, por meio de artigos históricos, para a construção do conhecimento de seus leitores.
Destaque

Museu da Energia de São Paulo lança projeto piloto de Experimentoteca



Globo de plasma (foto: Caio Mattos)


Iniciativa será expandida para a Rede Museu da Energia

Na próxima sexta-feira, dia 23, será inaugurada a "Experimentoteca" no Museu da Energia de São Paulo, que tem como objetivo integrar o público à temática da energia através de experimentos, atividades lúdicas e educativas. Instalado em uma das salas do museu, o projeto prevê ações voltadas para o aspecto científico da energia, bem como atividades baseadas em referências das mostras atuais, "Memórias do Casarão" e "Grafia da Luz.". Leia mais


Museu da Energia de São Paulo receberá, em abril, exposição sobre reciclagem


Organizada pelo Museu Brasileiro Itinerante Ultragaz, a mostra reúne trabalhos feitos com material reciclado

De 10 a 14 de abril, o Museu da Energia de São Paulo, mantido pela Fundação Energia e Saneamento, abrigará cerca de 40 imagens, entre fotos, plotagens e impressões gráficas, que representam as obras de 12 artistas de diferentes regiões do país. Com curadoria de Jacob Klintowitz, a mostra passará por mais 11 cidades brasileiras e deverá atrair principalmente estudantes e professores da rede municipal de ensino. Leia mais


Você sabe o que é "Água Virtual"?



O termo foi criado em 1993, pelo cientista britânico Tony Allan e diz respeito a quantidade de água gasta no processo de produção de um bem, produto ou serviço. Ou seja, aquela que não vemos e nem sentimos!

Isso quer dizer, que ao saborear aquele churrasco no final de semana, você está consumindo, indiretamente, cerca de 15.500 litros de água.

Aproveite o Dia Mundial da Água para buscar mais informações e refletir sobre o tema!

Acesse o site: http://site.sabesp.com.br/site/default.aspx


Seja Parceiro


Empresas e pessoas físicas que quiserem participar dos projetos da Fundação Energia e Saneamento podem usar renúncia fiscal com base no imposto de renda, através de Lei Rouanet. 

Atualmente, os principais projetos que ainda contam com incentivo e podem receber aportes são:


Plano Anual de Atividades

Durante um ano, o projeto irá realizar exposições, publicações, oficinas e tratamento de acervo, abordando aspectos da relação energia, história e meio ambiente. Organizando e promovendo ações culturais e educativas voltadas para todo o público, especialmente estudantes e educadores, essa proposta difunde a valorização dos recursos naturais e destaca o conceito de cultura integrada à ciência e tecnologia. As ações se desenvolverão nas cidades de São Paulo, Itu, Jundiaí, Rio Claro e Salesópolis, onde estão instaladas unidades da Rede Museu da Energia.


Usina de Memórias 

Construída há mais de 80 anos, a Usina Henry Borden foi considerada durante muito tempo a maior hidrelétrica do país e integrante de um empreendimento mundialmente pioneiro. O projeto prevê a produção de um catálogo eletrônico, três publicações temáticas (trabalhadores, tecnologia e meio ambiente) e um vídeo-documentário. Os documentos produzidos irão compor o acervo de fontes orais da Fundação Energia e Saneamento e ficarão disponíveis para consulta. A AES Eletropaulo está entre os patrocinadores do projeto.

Exposição Interativa do Museu da Energia de São Paulo
Exposição de longa duração, interativa e contextualizada, abordará temas como a industrialização e a urbanização da cidade de São Paulo, o uso responsável de recursos naturais e as relações entre sociedade, energia e meio ambiente. O Banco Safra é um dos patrocinadores já confirmados.

100 anos de Guarapiranga
Esse projeto trará o registro de toda a história da represa Guarapiranga e de suas áreas de vizinhança. Com um texto conciso e riqueza de imagens, o livro é um relato completo da represa, desde o planejamento e implantação, até o presente cenário de conflito entre a necessidade de preservação hídrica e a urbanização densa e extensiva. A Sabesp já é uma das empresas patrocinadoras.


Mais informações sobre projetos e patrocínios através do email  patrimonio@energiaesaneamento.org.br, ou pelo telefone 3333 5600 ramal 202 e 201.


Memória

Companhia Ituana Força e Luz



Vista geral da Usina das Lavras, a primeira usina hidrelétrica construída pela
Companhia Ituana Força e Luz na cidade de Salto. 1939


No final do século XIX, em um cenário de profundas mudanças sociais, políticas e econômicas, diversas indústrias se instalaram na região sudeste do país, em especial no estado de São Paulo, onde a industrialização e o avanço econômico se deram de forma intensa devido aos investimentos dos setores ligados à cafeicultura de exportação.  No encalço desse processo, o setor energético cresceu em São Paulo e, no contexto de grandes transformações, surgiu a Companhia Ituana Força e Luz.
Leia mais

Clique aqui para visualizar a galeria de imagens


A história por trás da imagem

Largo do Tesouro, 1902. A riqueza de detalhes desta imagem, realizada pelo fotógrafo suíço Guilherme Gaensly (1843-1928), permitiu analisar diferentes tipos de atividades de uma típica cena urbana do início do século XX. Este registro apresenta as obras de remodelagem das linhas de bonde implantadas no logradouro. Acervo: Fundação Energia e Saneamento

Embora pareça hoje ter dimensões modestas, quase despercebido no calçadão de pedestres na conexão da Rua XV de Novembro com a Rua General Carneiro, o Largo do Tesouro é um dos raros espaços do Centro velho que conserva em parte seu tamanho original. Através da Rua General Carneiro, constituiu-se, durante o século XIX, uma importante ligação entre o centro da cidade e os bairros a leste, aspecto valorizado pela presença, ao pé da colina central do antigo mercado, ao final da Rua General Carneiro.

Nesta imagem, na manhã de segunda-feira, 24 de março de 1902, ocupa o centro do quadro a conexão da Rua XV de Novembro, uma das formadoras do "triângulo" central, com a Rua General Carneiro, que desce à direita em direção ao Parque Dom Pedro II, à direita. O ponto de tomada desta foto corresponde à embocadura do viaduto da Rua Boa Vista, construído décadas após a realização desta imagem, quando foi alterado o traçado original deste logradouro, criando um novo acesso ao Largo do Palácio.


Rosângela Paes Béber Traballi Camargo: Uma história na Sabesp

A entrevista abaixo, concedida pela psicóloga Rosangela Paes Béber Traballi Camargo, integra o Programa de História Oral, desenvolvido pela Fundação Energia e Saneamento.

Formada pela Universidade Metodista, e com MBA em Gestão Empresarial pela Fundação Getúlio Vargas, a psicóloga Rosângela Paes Béber Traballi Camargo iniciou sua carreira profissional como estagiária da Sabesp. Entre os anos de 1980 e 1995, ela ocupou diferentes cargos na área de Recursos Humanos da empresa, entre eles o de Psicóloga e Coordenadora de Acompanhamento de RH. Hoje, Rosângela gerencia o Departamento de Organização Empresarial, que é responsável pela elaboração das Políticas Institucionais da Sabesp.
 

Clique aqui para assistir no You Tube

Destaque na Imprensa


Entre os dias 1º e 29  de fevereiro, foram publicadas 24 matérias sobre as atividades desenvolvidas pela Fundação Energia e Saneamento no período. Entre elas destacamos:



Guia da Folha, 10/02/2012

Bol, 23/2/2012

Compartilhando Histórias


Fundação Energia e Saneamento ajuda a contar história do gás


Desde 2008, a exposição "Memória do Gás: o futuro sempre presente" tem como principal objetivo preservar e divulgar a história do gás em São Paulo.  Em uma parceria entre a Fundação Energia e Saneamento e a Comgás, a mostra aborda os acontecimentos que marcaram as atividades da primeira fábrica de gás de carvão da cidade, instalada em 1872 e responsável pelo primeiro projeto de iluminação pública da região. Leia mais


Você Sabia?




Casa de máquinas da PCH de Rio Claro

Você sabia que a Fundação Energia e Saneamento, além de manter uma rede de cinco museus - instalados nas cidades de Itu, Rio Claro, Salesópolis, Jundiaí e São Paulo -, ainda possui quatro pequenas centrais hidrelétricas ativas? Localizadas nos municípios de Rio Claro, Salesópolis, Santa Rita do Passa-Quatro e Brotas, as PCHs contribuem para a oferta de energia renovável no Brasil.

Clique aqui e conheça a Rede Museu da Energia e as unidades geradoras.


Nossos mantenedores:


Corpo Editorial: Alcides Caetano Junior, Fernando de Sousa Lima, Isabel Felix, Maiza Garcia, Mariana Rolim, Michele Carvalho e Raquel Lucat
Texto da seção "Memória": Alcides Caetano Junior

Copyright © 2011 Fundação Energia e Saneamento. Todos os direitos reservados.

Política Anti-SPAM: Em respeito a você, caso não queira mais receber nossas Mensagens
Eletrônicas clique aqui e envie um e-mail com a palavra REMOVER.

Edições anteriores

Normas para publicação


Contato: imprensa@energiaesaneamento.org.br

Fundação Energia e Saneamento Alameda Cleveland, 601 - Campos Elíseos - 01218-000 - São Paulo - Tel.: (11) 3224-1499 Desenvolvido por: Memoria Web